Radiante Recreio |

Recreio, 10 de novembro de 2009

Divulgue eventos, compartilhe soluções em anoradiante.com.br

Atrás do Copo de Cerveja

O livro de contos do escritor recreiense Antônio Armindo de Castro Torres, lançado em 1978 pelo autor e publicado pela então Editora Lar Católico (atual ESDEVA de Juiz de Fora) sofreu acusações de livro pornográfico quando o pároco de Recreio na ocasião criticava o livro e proibia os católicos de lerem a publicação. O livro tornou-se objeto de uma polêmica mas isto não impediu a sua leitura e o início de sua trilha. Por ter sido publicado por uma editora Católica, a própria diretoria do Lar Católico, quando soube das acusações do padre de Recreio, defendeu o livro e justificou o seu apoio à edição do livro, considerando um livro útil e recomendado principalmente para jovens e até mesmo adolescentes por alertar sobre as conseqüências que a droga, bebedeiras, prostituição e outras práticas não recomendadas para o convívio humano causam nas pessoas.
O livro recebeu na ocasião apoio de professores que o adotaram para leitura no segundo grau e continuou sendo vendido pela Livraria Werneck Freitas e pelo Posto distribuição do MEC-FENAME que existia na época em Recreio.
Agora, às vésperas de seu 30º aniversário de publicação volta a ser oferecido pela Editora Radiante que o coloca à venda a preços promocionais. O livro tem 58 páginas, e reúne 14 contos onde, conforme esclarece o prefaciador, “E a nossa realidade é assim também”, continua o prefácio do livro, “somos a personagem de nossa ficção da ficção que criamos, e somos a causa e conseqüência, e nossos atos nos levam a um fim o que muitas vezes nos surpreende.”
“Atrás do Copo de Cerveja é uma mostra de que é importante valorizar o que parece insignificante. O livro traz muito de grandeza e humildade. De tudo e nada.”

Deixe um Comentário

Você deve estar logado para comentar.